O dia se espatifa: Coisa que preste

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Coisa que preste

Um anônimo - porque é sempre um anônimo ou alguém com nome inventado que comenta para xingar e/ou ofender - disse no post ali embaixo para eu parar de falar no Giresse e escrever alguma coisa que preste. O que quase estou interpretando como um elogio, porque talvez queira dizer que às vezes eu escreva algo que preste.

De vez em quando me vejo impelida a redigir um post disclaimer, embora considere que o histórico dos meus escritos por aqui o torne desnecessário. Este é um blog pessoal. Conforme definição do conselho editorial (integrado por mim mesma, de preferência sem interferência do superego), nada do que escrevo aqui precisa ter profundidade ou relevância.

Já faz cinco anos (cinco anos!) que mantenho um blog. Nesses cinco anos, fiz até amizades reais graças ao espatifar dos meus dias no mundo virtual. E este foi o maior lucro que o blogger e agora a central de blogs do clicRBS me deram. Não quero ser conhecida ou reconhecida, não quero compilar posts num livro, não quero virar identificadora de tendências ou trazer informações relevantes aos meus leitores. Minha ambição é tão mais humilde. Quero só me relacionar com gente interessante - i.e., que considere interessante o que eu considero interessante.

Ah, sim, eu também não libero comentários que me ofendam ou ofendam pessoas de quem eu gosto. Discordar pode. Sempre. É nas diferenças que a gente encontra espaço para crescimento. Sou democrata radical, mas aqui quem manda sou eu e quem concorda com esse fato ;-). O comentário que inspirou este post foi publicado porque eu estava mesmo precisando de um gancho para escrever alguma coisa. Mesmo que não prestasse.

:-)


Postado por Cássia Zanon

7 comentários:

  1. adorei as histórias do giresse.
    e fecho em gênero, número e grau contigo no teor do post.

    ResponderExcluir
  2. hahahahha.....eu ri!!!

    ResponderExcluir
  3. Anônimos são covardes, não dá pra se abater com eles.

    ResponderExcluir
  4. Luciana Gerbovic18/12/2008 14:45

    Em que pese a pobreza espiritual e intelectual desses anônimos, eu me divirto com eles...

    ResponderExcluir
  5. Luciana Gerbovic18/12/2008 14:47

    Hahaha...só li o comentário do anônimo depois de escrever o meu primeiro comentário...tá na cara que o(a) PA tem um nome muuuuuuito "pior" do que Giresse...hahaha.

    ResponderExcluir
  6. Cássia, é que anônimo é como se fosse assim... assim... assim... como diria... hum... uma despessoa! :)

    ResponderExcluir
  7. Enquanto blogueira que escreve, há seis anos, num blog irrelevante, eu gostaria de dizer que adorei os posts do Giresse (como qualquer outro).
    Isso também é um comentário irrelevante. Mas o que se há de fazer? :)

    ResponderExcluir