O dia se espatifa: Sôbre a reforma ortográfica

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Sôbre a reforma ortográfica

Desde o ano passado, eu vinha negando o assunto. Nem li as regras ainda. Como se ignorar o problema fosse fazer com que ele desaparecesse. Só que não desapareceu, e a vigência da coisa vem se debruçando. Ocorre que eu não quero mudar o jeito de escrever a esta altura da vida. Ao menos onde puder - aqui, por exemplo - continuarei escrevendo "lingüiça". Exatamente como meu pai escreveu "sôbre" até o último dia da vida dele, em 1996. E não vai ser desconhecimento - pelo menos não depois de eu finalmente me dar o trabalho de ler as regras -, mas desobediência civil. Ou ortográfica, enfim.

Postado por Cássia Zanon

8 comentários:

  1. Cássia, compartilho dessa angústia contigo. E o desespero está batendo: porque também terei que lidar com os clientes e todos os posicionamentos do mercado sobre o assunto.

    Mas acho que vou manter o meu blog nessa rebeldia. Desobediência ortográfica, com certeza!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. André Roca14/11/2008 13:30

    Ei... eu também quero ir contra a nova ordem mundial! Com três já é rebelião? Greve? :P

    ResponderExcluir
  3. Mais um para fazer frente a essa bagunça que vai virar nossa língua!
    Já somos 4! Fora com essa idiotice!
    Isso só vai complicar ainda mais o que já não é tão fácil.

    ResponderExcluir
  4. ENSINO BÁSICO COM 09 ANOS...REFORMA ORTOGRÁFICA ( SERÁ QUE ESCREVI CERTO??)...PRESIDENTE ANALFABETO...ISSO TÁ ME CHEIRANDO MAL!!! SE NEM O PORTUGUÊS DE ANTES CONSEGUIAM ENSINAR DESCENTEMENTE NAS ESCOLAS, IMAGINA AGORA TROCANDO AS REGRAS NO MEIO DO JOGO.... SÓ PARA GASTAR SEM NECESSIDADE, POIS ALGUÉM GANHARÁ MUITO DINHEIRO REFAZENDO LIVROS, ENCICLOPÉDIAS, DICIONÁRIOS, CARTILHAS, ETC E TAL....

    ResponderExcluir
  5. Vou desfrutar da "tolerância" de três anos para "acomodar-me" a essa horrível reforma, e continuar a escrever como tenho feito nos últimos anos, no trabalho. Em minya vida privada, farey uzo da nova ortografia, ky pelo menos soube jerir temas mays importantes, komo o uzo de G y J, S y C. Lamentavelmente naum averá trema, poys U em linguisa nesesariamente será pronunsiado. Por outro lado, o periodo de sinko anos pasará a camar-se Qinqenio.

    ResponderExcluir
  6. VITÓRIA COSTA15/11/2008 02:13

    CONCORDO PLENAMENTE COM A DESOBEDIÊNCIA À REFORMA! ATUALMENTE A ESCRITA ESTÁ UM CAOS , IMAGINEM COM ESTA ABERRAÇÃO! SÓ MESMO O NOSSO PRESIDENTE PARA INSTITUCIONALIZAR A COMPLETA DERROCADA DA NOSSA LÍNGUA PÁTRIA!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir