O dia se espatifa: Diálogo surreal

terça-feira, 11 de março de 2008

Diálogo surreal

Toca o celular.

– Alô?

– Nara?

– Não, foi engano.

– A Nara?

– Não, minha senhora, este telefone não é da Nara.

– Com quem estou falando?

– ...

– Quem está falando?

– Olha, não é a Nara.

– É que eu preciso conferir uma documentação com ela.

– Tudo bem, mas eu nem conheço uma Nara.

– Com quem estou falando?

– Com a dona do telefone.

– Sim, e qual o seu nome?

– Olha, foi engano, ok? Boa tarde.

I-N-A-C-R-E-D-I-T-Á-V-E-L!



Postado por Cássia Zanon

5 comentários:

  1. Denise Silveira11/03/2008 14:47

    Cássia, querida, tenho uma receitinha que uso muito lá em casa. Eu digo: "A Nara? Ela está viajando... Sim, viajando.Foi pros Estados Unidos...blá...blá...blá... Falo mais do que o mala do outro lado e ele acaba desligando. Bj

    ResponderExcluir
  2. Eu confirmo que é a Nara, peço para falar rapido que a bateria esta acabando e desligo o aprelho. Ligo 1 hora depois ....

    ResponderExcluir
  3. bah, nunca digo quem eu sou. tudo fica mais maluco quando são vendedores de operadoras de telefonia. quando eu pergunto "com quem querem falar?" e me respondem "com o dono do telefone", aí eu questiono "qual o nome dele", os infelizes ficam sem muito o que fazer... quebra total do roteiro.

    ResponderExcluir
  4. just for the record: cuidado.
    hoje em dia pode não ser um engano como parece...

    ResponderExcluir
  5. Raul, eu cheguei a ter um pensamento paranóico. Mas preferi achar que era só uma mala.

    ResponderExcluir