O dia se espatifa: Disponibilizar o caramba!

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Disponibilizar o caramba!

Tenho PAVOR do verbo disponibilizar. PAVOR. Daí que o pessoal aqui da firma tava querendo me convencer que "oferecer" não quer dizer a mesma coisa. Ainda bem que o pai dos burros, Houaiss, concorda.

Acepções
verbo
transitivo direto e bitransitivo
1    dar de presente (a)
Ex.: o. flores (à namorada)
transitivo direto, bitransitivo e pronominal
2    pôr(-se) à disposição (de)
Ex.: <costumava o. sua casa (aos parentes e amigos)> <ofereceu-se para ajudar-nos>

PS.: post em homenagem ao Sérgio, o mestre-cuca do Cookies.


Postado por Cássia Zanon

4 comentários:

  1. Mariana S.Thiago22/10/2008 20:24

    viu como eu leio o teu blog!?

    ResponderExcluir
  2. "Disponibilizar" é horrível mesmo. Pode aparecer nessas conversas por telefone, junto com "protocolizar" e com aqueles gerúndios estranhos que vem da tradução literal do inglês: -- "Se protocolizarem hoje o pedido estaremos disponibilizando o material amanhã mesmo". -- "Não, muito obrigado. Mudei de idéia."

    ResponderExcluir
  3. O que eu acho mais impressionante no caso do palavrão esse é que, ao contrário da maioria dos vícios de linguagem mais recentes, o desgraçado não veio do inglês mal traduzido. Não existe "to disponibilize". Ou existe?

    ResponderExcluir
  4. E o que dizer do verbo CONTEMPLAR? Não aguento mais ler coisas como: `este projeto contempla...`, `as novas medidas contemplarão..`, etc. Outra palavra usada em demasia é MULTIMÍDIA. Todo mundo é multimídia agora, basta que cantem e dancem ou que escrevam crônicas e componham músicas, por exemplo.Clarice, tens toda razão! Contemplar é a mais nova praga do mundo corporativo. "O escopo contempla", então... :-)

    ResponderExcluir