O dia se espatifa: Telefonicabilidade

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Telefonicabilidade

Daí a pessoa recebe uma ligação da Brasil Telecom oferecendo o mesmo serviço da GVT por quase a metade do valor e pensa que a tal da portabilidade pode ser mais do que apenas uma palavra medonha inventada por marqueteiros que ADORAM uma palavra terminada em bilidade. A pessoa aceita a proposta, porque, realmente, vale muito a pena.

Alguns dias depois, a GVT liga e faz uma contraproposta. Mais vantajosa. A pessoa pergunta se não vai dar problema e a moça da GVT diz que não, que basta ligar para a Brasil Telecom e pedir o cancelamento da portabilidade. A pessoa aceita - se perguntando como alguém pode não gostar do livre mercado -, e guarda o número do protocolo de atendimento para ter garantia. Imediatamente, liga para a Brasil Telecom, anota o número do protocolo que é dado no começo do atendimento.

O atendente da Brasil Telecom diz que não é a Brasil Telecom quem cancela a portabilidade, mas a GVT. A pessoa começa a se irritar um pouco e liga para a GVT, cujo atendente garante que não precisa, que está tudo OK. A pessoa esquece de anotar o protocolo de atendimento e o nome do atendente. Com um monte de coisa acontecendo na vida dela, considera que é melhor deixar as coisas como estão e imagina que se ficar parada tudo vai acabar dando certo.

Alguns dias depois, o telefone da pessoa deixa de funcionar. A GVT - depois de 5 ligações que caem automaticamente depois de 5 minutos ouvindo uma musiquinha dos infernos - informa que a portabilidade foi feita, e que a linha não pertence mais à GVT. Daí a pessoa liga para a Brasil Telecom para entender o que pode estar acontecendo e ver se, pelo menos, a linha está com eles e ainda vinculada ao seu nome, mas não consegue saber. Porque o sistema da Brasil Telecom está em manutenção parcial desde as 22h de ontem, com previsão para voltar daqui a uma hora. Desde as 22h de ontem.

Justiça seja feita, todas as pessoas que atenderam a pessoa foram educadas e não falaram nenhum gerúndio. Também demonstraram muita boa vontade para ajudar. Só que a pessoa agora não sabe se vai conseguir manter o número antigo nem sabe quando vai conseguir saber, porque recebeu informações desencontradas e o tal do sistema não volta nunca ao ar. 

E então a pessoa pensa que portabilidade não passa de uma palavra ridícula.

*

Update às 18h20: e o sistema da Brasil Telecom segue indisponível.


Postado por Cássia Zanon

2 comentários:

  1. Olha, a pessoa tinha que verificar o lance da nova lei do SAC, pq esperar 5 minutos, ouvindo musiquinha dos infernos não é mais permitido. Tem que ser no máximo um minuto. O que não necessariamente resolve pq agora eles colocaram uma gravação q se comporta como gente. Chega a ser mais irritante q a musiquinha dos infernos, mas pelo menos vc tem q sensação de "estar resolvendo" o problema.

    ResponderExcluir
  2. Yara Tropea01/02/2009 14:56

    Cássia, pega o número dos protocolos que vc tem e liga pra Anatel. Em seguida você recebe a ligação da empresa pra resolver o problema. Podes crer que funciona.

    E eu continuo a esperar pela NET!

    ResponderExcluir