O dia se espatifa: Dos pequenos prazeres

sábado, 4 de novembro de 2006

Dos pequenos prazeres

Bastaram uma bandejinha de meio quilo de camarões médios, uma abobrinha orgânica, salsinha e cebolinha frescas picadinhas, azeite de oliva extra-virgem, uma xícara de arroz e meio litro de caldo de legumes mais um litro de água mineral fresca e uma garrafa de um delicioso vinho rosé para a noite de sexta ser perfeita.

Faltou a foto, mas eu garanto que o risoto ficou lindo na minha paellera.

8 comentários:

  1. adorei o 'orgânica'. rssss.

    ResponderExcluir
  2. que delicia! nunca fiz paella, nem tenho paellera, mas ja fiquei com as ideias... :-)) beijaooo!

    ResponderExcluir
  3. vinho rose, cassia?? por favor... :P

    ResponderExcluir
  4. É preciso ter MUITA classe pra tomar um vinho rosé e contar depois, Ticolina.

    E o vinho é muito bom mesmo :-)

    ResponderExcluir
  5. Vi seu post sobre sua "pequena grande audiência" e resolvi manifestar-me. Um tanto atrasado, é verdade, mas explico: é a primeira vez que te faço essa visita. :)

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. concordo.
    tah, desculpa entao. mudo a pergunta: binho rose? por que?

    :)

    ResponderExcluir
  7. (Olha eu me metendo...) Vinho rosé vai bem com qualquer prato, diferentemente do branco e do tinto. A maioria das pessoas tomaria vinho branco com a paella. Ponto pra Cássia.

    ResponderExcluir
  8. Vinho rosé é tudo. É o champagne dos vinhos. E o melhor é que nenhum pedante fica descrevendo as notas disso ou o retrogosto daquilo. Brava, Cássia!

    ResponderExcluir