O dia se espatifa: O caos aéreo deles é melhor do que o nosso?

sábado, 22 de dezembro de 2007

O caos aéreo deles é melhor do que o nosso?

Quando a minha irmã ligou hoje para o meu celular do aeroporto de São Francisco, na Califórnia, de onde viajaria para Portland, no Oregon, e disse %22deu overbooking no meu avião%22, pensei: %22pronto, a guria deve estar superchateada, e eu não vou saber o que dizer para consolá-la%22. Só que não deu tempo de eu pensar no que dizer.

Antes mesmo de eu conseguir visualizar a incomodação que um overbooking significa hoje nos nossos aeroportos, ela completou: %22eles querem saber se, em troca de viajar amanhã cedo, eu aceito ficar num hotel até amanhã e ganhar uma passagem ida e volta para qualquer lugar dos Estados Unidos%22. Brazucas que somos, achamos, as duas, a coisa meio estranha.

Algumas horas depois ela me liga do hotel, %22dos bacanas%22, dizendo que a tal passagem gratuita vale por um ano, e que a estavam tratando com toda gentileza do mundo. Daí eu fiquei aqui, em Porto Alegre, onde nas três viagens de avião que fiz em 2007 acumulei literalmente 14 horas de espera em solo sem ganhar sequer um cafezinho das empresas aéreas, pensando: essa coisa de compensar passageiros por overbooking ANTES do horário do embarque e sem sequer a criatura pedir alguma coisa acontece por aqui também e é só comigo, uma passageira eventual, que não?


Postado por Cássia Zanon

3 comentários:

  1. André Machado24/12/2007 16:01

    E eu? Em único dia fiquei 16 horas em Congonhas. Outro dia dormi no Galeão. Aqui em Porto Alegre voltei para casa uma vez. Sem contar os atrasos normais de quatro horas que tive umas três vezes em São Paulo. Nunca viajei tanto em um ano. E tinha que ter sido justamente 2007...

    ResponderExcluir
  2. Cassia, a united ofereceu pro meu marido 600 dolares em crédito, mais hospedagem e alimentação se ele quisesse viajar no dia seguinte. Ele não podia porque tinha compromisso, mas se pudesse, ficaria. :)

    ResponderExcluir
  3. Eduardo Nasi09/01/2008 12:03

    Quando é overbooking, e não atraso, é exatamente assim. Anos atrás, voei de graça algumas vezes graças ao vôo da Tam de SP para Porto Alegre na tarde de sábado. Era batata que sobrava passageiro.

    ResponderExcluir