O dia se espatifa: Dunga precisa de um novo lar

terça-feira, 25 de julho de 2006

Dunga precisa de um novo lar

O "cara" é uma figuraça. Foi recolhido do meio da rua quando tinha pouco mais de um ano e sempre foi muito independente. Até agora, vinha morando numa casa com duas cadelas amigas, mas os "pais" humanos dele tiveram que voltar a morar em apartamentos, e ele não pode ir com eles. Porque o Dunga, apesar da elegância, é o que se pode chamar de espírito livre.

Diz a ex-dona, uma querida amiga, que não esconde a tristeza de não poder mais ficar com ele:
É um cachorro ótimo, bem dócil com pessoas e outros cães, e até gatos (depois de algumas latidas obrigatórias, ele deixa os bichanos em paz). Gosta muito de carinho e de estar perto da gente, e embora não tenha sido criado com crianças, interage bem com as que convive, aceitando carinhos e simplesmente se afastando quando eles começam a exagerar nos agarramentos.

É um vira-lata com pinta de lorde inglês, com um pêlo sedoso que chega a brilhar depois de um bom banho, mas não trai suas origens rueiras: tem espírito independente e adora longos passeios. Não foi acostumado a andar na guia, mas também gosta de acompanhar os donos em caminhadas e não há dúvidas de que pode aprender a andar de coleira muito bem.

Tem mais ou menos uns 6 anos, é forte e perfeitamente saudável, com todas as vacinas em dia. Ainda não foi castrado, mas isso pode ser providenciado antes da adoção. Não é um cão que impressione pelo porte ou que pareça feroz, mas é atento para todos os que passam na rua e sempre late quando alguém se aproxima do portão ou bate na campainha.
E então? Quem vai ser o sortudo novo dono do Dunga?

Enviar e-mails para: rauldodo@terra.com.br

5 comentários: